Política e Psique: Reflexões Sobre o Drama Contemporâneo

Frente a necessidade de manter e aprofundar o diálogo a respeito das atualidades políticas, parafraseamos Carl Gustav Jung, criador da psicologia analítica, quando pronunciou-se a respeito da primeira grande guerra e da tensão que se acumulava para a segunda: todos, psicólogos ou não, percebemos que o estado dos afetos atual precisa de esclarecimentos psicológicos.

Utilizando das imagens centrais da alma brasileira, autoritarismo e o candidato à presidência Jair Bolsonaro, psicólogos do Espaço Archés e convidados apresentarão palestras sobre os temas citados, oferecendo espaço para debate com os ouvintes.

Se o processo democrático se dá através do contato das partes múltiplas de uma sociedade, será buscado um espaço de debate de assuntos polêmicos, onde a “pólis” (a cidade e seus cidadãos) é convidada a refletir, estar presente e, respeitando o direito fundamental de voz e existência de cada um, se fazer audível.

Aberto para todos, sem pré-requisitos.

Valor: contribuição voluntária, formato “pague quanto vale”.

Inscrição: Encerrada pelo número de vagas

Palestrantes:

Kauê Luiz Natario David (CRP 08/25320)
A alma brasileira: uma busca pela remitologização

José Dequech Neto (CRP 08/19239)
Ainda vivemos na Colônia: histórias sobre a nossa História.”
Lembrada ou não, nossa história ainda reverbera: na nossa maneira de viver, em quem compreendemos ser e na vida política do país. Em algum lugar de nossa intimidade, ainda vivemos na Colônia.

Renan Marques Franklin (CRP 08/20070)
Relativização política como manifestação do espírito autoritário
Uma busca pela alma psicológica e pela profundidade em meio às relativizações do espírito autoritário no contexto político atual.

André Saldanha Becker (CRP 08/24837)
Tirando as mãos do Bolso: a mobilização psíquica em um Estado paranoico de Alma.
Breves relatos clínicos sobre a participação psíquica na Polis e na política.

Carla Zafalon Gouveia (CRP 08/26502)
Recusa do feminino: imagens do ser mulher num país bolsonariano.
Será o fim do feminino? Ou, o feminino, o seu fim? O medo, a luta, as mulheres e o feminino no cenário político atual.

Vicente Baron Mussi (CRP 08/22375)
Há um Bolsonaro que em mim habita – aspectos psicodinâmicos de contato com a imagem Bolsonaro que emerge no inconsciente coletivo e pede por relação a nível pessoal.

Mais informações:
Instagram: archespsicologia
Email: arches@arches.psc.br
Telefone: (41) 3252 2421 / (41) 9266-0545
Endereço: R. David Carneiro, 431 – São Francisco, Curitiba – PR, 80530-070